Cartório do HAC será implantando na próxima quinzena

Cartório do HAC será implantando na próxima quinzena

As crianças que nascerem na unidade a partir de setembro receberão o registro gratuitamente

A única maternidade pública do município, no Hospital Alcides Carneiro (HAC) passará a oferecer, a partir da próxima quinzena, um cartório para registro dos recém-nascidos. O serviço já funcionou no hospital, de 2005 a 2007, mas foi interrompido pela gestão anterior. A prefeitura e o Hospital Alcides Carneiro irão reativar a unidade interligada ao Cartório RCPN e Notas do 2º Distrito de Petrópolis, tornando o HAC pioneiro na assistência às gestantes no município.

h57eGm4uTwpa3xCGosYpm7SV1RNQxbt3xSHLThernrpraY2QIG8  6AXwr3rIJIgtZtAe2bTjI41Llu1pnf9kS QFpvNWX MmcrYygul4F FBjGVAhmJcS IW8kR3W5ZtKwqMpRptpjx3beifGUtotnHzMykSmHtRXlBGazyC1eTLrGY3wKXPoNO6l0jUxhS5bELirr848mZX1JOsj6lALcm63CJJnfDEPTDQ1tiKhYCdPLYI0EN5ByRQHPySNW liY8ncwxYBcSJ9Pup0q6Kl7e4FTIJSXPzC7W0OTLeECMszLqIKaAHmCzb4uA9y CtFqEvWPFZZM9PwiMnizrxr0sReFfZocArrAWzSThwCp1Z5IyldPMasSP0d4rnvvREJ5JbjVGgrHZN wdEkc8 tpRSOQClTVh N0 hjrOEzlKamjk6sTM64 A3zgAzK1RdE7ICxs3CwimbscecKhY3Wj7ibLCRNDcpstbFsLBuKkVXqhlRh36pyh7FYq94eESyeLMsOtdKTnZZrnIWOy3xUfKb1  zWNvqKs4 qsPEVMzdpn79ykx i tpkfmcRjviWoiwhVBhscfUKtWp4fkpLNLwkvdnmhjy AcW01iEOTsvMDsQSMq=w600 h370 no - Cartório do HAC será implantando na próxima quinzena
Cartório do HAC será implantando na próxima quinzena



Com uma média de 250 partos por mês, a maternidade conta com 48 leitos e é referência em atendimentos às gestantes com gravidez de alto risco. A unidade conta ainda com 10 leitos de UTI neonatal. De janeiro a junho 1.841 gestantes deram à luz na unidade. De acordo com o secretário de Saúde, Silmar Fortes, a instalação do cartório é um desejo antigo das famílias que a prefeitura está viabilizando.

“Estamos dando um passo muito importante reativando esse serviço que vai ser de grande utilidade para as nossas gestantes e também àquelas que procuram o HAC para terem seus filhos e que são moradoras de outra cidade. Essas famílias também poderão registrar os filhos com a sua cidade de origem dentro do hospital com total comodidade e facilidade de acesso”, explica o secretário de Saúde, Silmar Fortes.

O serviço será implantado no hospital por cumprir os parâmetros da Lei Nº 7088 de 22 de outubro de 2015 que determina a instalação de unidades interligadas de registro civil nos estabelecimentos de saúde públicos e nos conveniados com o SUS que realizem no mínimo 100 partos por mês.

“Temos a expectativa de que nenhuma criança saia da maternidade sem o registro de nascimento. O hospital está fornecendo toda a estrutura adequada e nós já estamos com a funcionária treinada para podermos iniciar logo as atividades”, disse Sérgio Kleber Cordeiro, tabelião da RCPN e Notas do 2º Distrito de Petrópolis.

O Diretor do hospital, Filipe Furtuna anuncia que após a publicação da autorização do cartório junto à corregedoria, o serviço já será inaugurado.

“Seguimos a legislação vigente para implantação e estamos aguardando a publicação da corregedoria. A sala já está toda equipada e as certidões em fase de produção. Vamos preparar um material de divulgação do serviço para que as mães já possam se informar ainda durante o pré-natal que além do parto, elas poderão realizar a certidão de nascimento no hospital”, disse Filipe Furtuna.



Fotos: Marcello Santos
Fonte: Fonte: ASCOM: Prefeitura Municipal de Petrópolis
Edição: R.Loureiro