Consultor de negócios faz avaliação sobre chegada do Uber em Petrópolis

Consultor de negócios faz avaliação sobre chegada do Uber em Petrópolis

UBER

Nova modalidade de transporte vai impactar dia a dia de taxistas,

empresas de ônibus e usuários

Mairom - Consultor de negócios faz avaliação sobre chegada do Uber em Petrópolis
Mairom Duarte, consultor de negócios

A Uber é uma empresa global de tecnologia sediada em São Francisco, Califórnia, nos Estados Unidos. Já opera em cerca de 1.000 cidades em todo o mundo. Desenvolve, comercializa e opera o transporte de pessoas em automóveis e tornou-se uma opção bem aceita em todo o mundo como uma alternativa ao uso do táxi.




Foi fundada no ano de 2009 e com apenas 09 anos de existência já quebrou o paradigma do transporte privado de passageiros em todo o mundo.

Após certa resistência por parte de empresários e parcela do governo, chegou a Petrópolis no início em janeiro de 2018 e já vem causando impacto financeiro e comportamental.

De acordo com Mairom Duarte, consultor de negócios e membro da equipe da Costa Salgueiro Consultoria, como a UBER oferece uma alternativa, de modo geral, mais barata que o táxi, quando o possível cliente verifica o preço de uma corrida a compara imediatamente com o mesmo trajeto realizado pelo táxi e o valor que possivelmente seria. “Nesse momento de comparação entre as duas modalidades de transporte via automóvel, a sensação é que a UBER não só é uma opção mais barata, como também a opção de fato viável financeiramente para parcela considerável das pessoas. Desta forma, a UBER impacta bastante o transporte de táxi e, de forma interessante, faz com que pessoas que nunca usavam táxi, analisem e comecem a utilizar a UBER”, pontuou o especialista.

Mairom anda aponta que nesse momento há, então, um impacto em outras formas de transporte, afetando, por exemplo, os ônibus, em menor escala que os táxis, mas que merece a avaliação de empresários e usuários. “Uma das razões pelas quais a UBER é tão apreciada pelo cliente é a visualização de forma antecipada do valor a ser pago pelo trajeto desejado. O que permite, de imediato e de forma concreta, o compartilhamento do transporte com pessoas conhecidas, ou não, que vão para o mesmo lugar. Ou mesmo achar que, mesmo sendo mais caro que o ônibus, há a sensação de que é viável e vale  gastar um pouco mais ao invés de usar o ônibus”.

Maurício Araújo, produtor cultural, já teve sua primeira experiência usando a UBER em Petrópolis. “Na última semana retornei do Rio de Janeiro e ao chegar na Rodoviária, pela primeira vez tive interesse em usar a UBER. O trajeto da Rodoviária até a minha casa, em Cascatinha, era de cerca de R$18,00. Dividi com outra pessoa o transporte até o Centro Histórico e no final das contas gastei apenas R$10,00 para chegar em casa. O mesmo trajeto de táxi teria me custado cerca de R$60,00 e de ônibus, como não tenho o cartão Riocard, custaria R$7,80. O valor final do trajeto foi ótimo, bem como o atendimento, conforto e velocidade para chegar ao meu destino”, finalizou.



Ao realizar uma avaliação real, o impacto dos táxis, obviamente, é muito maior. Em Petrópolis, diferente de outras cidades, não é comum pegar táxi fora dos pontos. Com a UBER isso muda completamente. O cliente não tem mais que ir ao ponto de táxi. “Nesse novo sistema de atendimento ao cliente o ‘ponto de táxi UBER’ vai até o cliente. E com uma estimativa de tempo de chegada, o que mais uma vez agrada ao cliente pela comodidade”.

Diante desse assunto, incontáveis questões precisam ser avaliadas por empresários e usuários, mas a que merece mais destaque é a relação de custo-benefício. “O que se percebe é que o sistema, em primeiro lugar atrai a clientela pela clara sensação de preços mais baratos que o táxi. É isso que os usuários de modo geral levantam como primeiro ponto para avaliar o uso da UBER”.

Mairom ressalta que uma questão a ser pensada pelos taxistas é a avaliação dos valores das ditas “bandeiradas” em Petrópolis. “Repensar se esse valor pode ser reduzido para tornar as corridas de táxi mais atrativas é uma alternativa. O consumidor aprendeu a fazer comparações entre serviços similares e na maior parte das vezes opta pelos mais baratos. Por isso, nesse momento de alteração no mercado de transporte de pessoas, um primeiro estudo precisa ser feito, pois é o preço que primeiro impacta na decisão da possível escolha pela UBER”, detalhou.

Como sugestão, Mairom Duarte acredita que a ampliação do aplicativo de táxis em Petrópolis é uma alternativa, principalmente se for possível informar o valor previsto para os trajetos.

Mais sugestões sobre o assunto e/ou sobre os serviços oferecidos pela Costa Salgueiro Consultoria podem ser obtidas no site www.csalgueiro.com.br, através da Fanpage https://www.facebook.com/costasalgueiro, no Canal do Youtube https://www.youtube.com/channel/UCbGpmQSXfZJeFBlgZmX7LRw pelo telefone (24) 2237-9500 ou na sede localizada no Edifício Pio XII, Rua Marechal Deodoro, 119 – sobreloja 19 Centro – Petrópolis/ RJ.




SERVIÇO

COSTA SALGUEIRO CONSULTORIA – CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL

Edifício Pio XII

Rua Mal Deodoro, 119 – S/L 19

Centro – Petrópolis/ RJ

(24) 2237-9500 / (24) 98114-3677 (WhatsApp)

fale.conosco@csalgueiro.com.br

www.csalgueiro.com.br

Entrevista concedida ao Jornal Diário de Petrópolis.