Bocha, esgrima e aula de zumba na programação da Serra Serata

Bocha, esgrima e aula de zumba na programação da Serra Serata

Festa oferece apresentações de esportes tradicionais na Itália

Festa oferece apresentações de esportes tradicionais na Itália
Festa oferece apresentações de esportes tradicionais na Itália

A Serra Serata 2017 traz como novidade na programação a apresentação de bocha e a esgrima, esportes tradicionais na cultura italiana neste fim de semana. A ideia é apresentar ao público a relação entre as modalidades e o país europeu –  referência mundial nas duas atividades. Além disso, acontece um aulão de zumba para ajudar a campanha Ame Francisco. Todas as atividades acontecem no Palácio de Cristal.



“Por determinação do prefeito Bernardo Rossi, o esporte está presente nos principais eventos da cidade. Assim como aconteceu na Bauernfest e no Bunka-sai, vamos unir a prática esportiva com a cultura do país. A bocha e a esgrima são esportes em que a Itália tem uma enorme tradição”, explica o superintendente de Esportes da cidade, Hingo Hammes.

Os atletas de bocha adaptada farão uma apresentação no sábado, a partir das 9h. O esporte consiste no lançamento de bolas coloridas e vence o jogador que alcançar o maior número de bolas próximas à bola branca, que funciona como uma referência. São quatro categorias, divididas de acordo com a limitação dos atletas.

“Nossa equipe existe há mais de 10 anos e essa apresentação é importante para quem não conhece sobre a bocha. Jogamos diversos campeonatos regionais, sempre representando a nossa cidade. Graças a uma parceria com a prefeitura, estamos treinamento regularmente desde o início do ano. Isso tem feito toda a diferença”, explica Marcelo Corrêa, professor da equipe.


No domingo (1º.10), às 9h, acontece a apresentação da esgrima. A cidade tem um centro de treinamento instalado no Sport Club Magnólia. Recentemente, a cidade recebeu pela primeira vez uma etapa do torneio estadual da modalidade.



“Conseguimos bons resultados na etapa: dois títulos no feminino, no florete e espada, e pódio em todas as categorias masculinas. Isso mostra o potencial da cidade na modalidade. A apresentação é importante para mostrar um pouco mais como funciona as regras do esporte”, explica Guilherme Giffoni, treinador do Magnólia.

No mesmo dia, às 10h, acontece um aulão de zumba em apoio a campanha Ame Francisco. As doações podem ser de R$ 10, de forma antecipada, ou na hora da aula de R$ 15. O pequeno Francisco Martins Campeão Garrido é portador de Atrofia Muscular espinhal (AME) uma doença degenerativa, rara e fatal, que atinge os neurônios motores e causa a paralisia de todos os músculos.


“Acredito muito na solidariedade do povo petropolitano. O aulão representa muito mais que apenas a atividade física. Colocamos em um evento muito tradicional justamente para atrairmos mais pessoas”, explica Hingo.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social/PMP
Edição: R.Loureiro

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.