Defesa Civil e Ações Voluntárias boletim de 22 de Fevereiro

Defesa Civil e Ações Voluntárias boletim de 22 de Fevereiro

A Defesa Civil e Ações Voluntárias

Informa a população

Defesa Civil e Ações Voluntárias boletim de 22 de Fevereiro
Defesa Civil e Ações Voluntárias boletim de 22 de Fevereiro

A Defesa Civil e Ações Voluntárias registrou 13 ocorrências em virtude das pancadas de chuva da noite de quarta (21.02) e madrugada de quinta-feira (22.02).



Foram nove deslizamentos de terra: na Rua Eliza Mussel, no Caxambu, na Ladeira João Ventura Torres, na Estrada da Saudade, na Pouso Alegre, em Cascatinha, na Rua Henrique Paixão, no Floresta, na Estrada José da Gama Machado, em Itaipava, na Carvalho Júnior, em Corrêas, na Evaldo Braga, no Independência, na Felipe Camarão, no Retiro e na Augusto da Silva, também na Estrada da Saudade. As equipes da Defesa Civil seguem atendendo as ocorrências desde as primeiras horas da manhã de hoje.

Até o momento, nenhuma família ficou desabrigada ou desalojada.


Também foram registrados um buraco no quintal de uma casa, na Rua Orlindo Ditadi, em Cascatinha, além de um afundamento na Rua Gregório Cruzick, também em Cascatinha.  Neste momento, a Defesa Civil está em estágio de atenção, já que a chuva permanece em algumas regiões da cidade e existe a previsão de chuva permanente para a noite de hoje.

O órgão municipal pede para a população ter atenção em função dos acumulados de chuvas que deixam o solo encharcado.

Nas últimas 24 horas, o maior índice pluviométrico foi registrado no Gentio, no Bingen, onde choveu 76 milímetros.

No mesmo período, no Dr. Thouzet, foram 70 milímetros.  “Os moradores devem ligar para o 199 e informar caso tenham alguma ocorrência”, afirma o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, reforçando que o contingente de 55 agentes permanece de plantão 24h para realizar os atendimentos a população.




“É fundamental que a população que vive em uma área de risco tenha atenção redobrada, já que existe a previsão que a chuva continue ao longo do dia. Nossas equipes estão preparadas e de plantão para atender a população”, destaca o secretário.

Em caso de qualquer sinal de instabilidade no imóvel ou terreno, o morador deve ligar para o telefone 199 e pedir uma vistoria preventiva à Defesa Civil. A ligação e o serviço são gratuitos.

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.