Equipes vão atuar em conjunto durante o maior simulado de desastres naturais
do país que acontece em Petrópolis

Equipes vão atuar em conjunto durante o maior simulado de desastres naturais do país que acontece em Petrópolis

O secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, apresentou uma palestra sobre o Exercício Conjunto de Apoio à Defesa Civil (ECADEC) para os militares do Exército, na terça-feira (27.06), na sede 32° Batalhão de Infantaria Leve – Batalhão Dom Pedro II, na Vila Militar. Além disso, ele apresentou o Plano Inverno da cidade e suas matrizes de responsabilidades. Dentro do organograma do simulado, está previsto um cenário de incêndio florestal. A capacitação do Exército acontece em conjunto com a Escola de Defesa Civil (Esdec).

Segundo o secretário, a capacitação em conjunto com a Esdec mostra a importância do simulado não apenas para a cidade, mas também para o Estado. Essa é a primeira vez que o exercício simulado acontece fora de uma capital do país.



“Pela primeira vez o Rio de Janeiro recebe o treinamento e temos o suporte da Escola de Defesa Civil no simulado. Além do Exército, a Marinha e a Aeronáutica também participam das atividades. Petrópolis é uma cidade com um histórico muito grande de desastres. Para a Defesa Civil, este tipo de treinamento é muito importante, pois nossa equipe fica ainda mais pronta para dar a resposta no menor tempo possível para a população”, explica Paulo Renato.

O diretor da Esdec, tenente coronel Márcio Romano, destacou o trabalho de prevenção realizado no município e disse que o simulado é importante para mudar a forma de pensamento da região serrana para os desastres naturais. “Estamos trabalhando em conjunto com as secretarias municipais para difundir a importância da prevenção. Acredito que o treinamento será fundamental não apenas para Petrópolis, mas para toda a região. Precisamos estar sempre prontos para reagir aos desastres que possam acontecer”, disse.

Petropolis Defesa Civil capacita militares para o Ecadec

Mais de 100 pessoas devem participar do exercício que acontece na sede 32° Batalhão de Infantaria Leve – Batalhão Dom Pedro II, na Vila Militar. Além do Exército, o simulado conta ainda com a participação de representantes da Aeronáutica, Marinha, do Ministério da Integração Nacional, da Secretaria Nacional de Defesa Civil, da Universidade Federal Fluminense (UFF) através do Mestrado em Defesa Civil, da Secretaria Estadual e da Municipal de Defesa Civil.

Como funciona o ECADEC

Sem tropas ou equipes no terreno, as situações são simuladas em fatos que já ocorreram anteriormente na cidade. No exercício, tudo funciona por meio de rede de computadores, sendo que os protocolos, planos e ações são coordenados entre as instituições para o emprego real. O treinamento é moldado para testar a integração entre todas as forças participantes em situações de apoio à Defesa Civil.



Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social: Prefeitura Municipal de Petrópolis
Edição: R.Loureiro

Comentário

http://www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/06/banner-ecadec.jpghttp://www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/06/banner-ecadec-600x336.jpgR MoreiraAcontece#avozdepetropolis,#jornalavozdepetropolis,#saibamaispetropolis,bombeiros,defesa civil,desastres,ECADEC,exercito,naturais,petropolis,simuladoEquipes vão atuar em conjunto durante o maior simulado de desastres naturais do país que acontece em Petrópolis O secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, apresentou uma palestra sobre o Exercício Conjunto de Apoio à Defesa Civil (ECADEC) para os militares do Exército, na terça-feira (27.06),...Notícias de Petrópolis - A verdade da notícia, doa a quem doer