Um bebê estava dentro de uma mochila e outro em uma lixeira da Central do Brasil

Um estava dentro de uma mochila e outro em uma lixeira da Central do Brasil

Dois bebês foram encontrados mortos no Rio de Janeiro, em menos de 12 horas. As crianças tinham sido abandonadas em Guadalupe, na Zona Norte do Rio, e no entorno da Central do Brasil. As causas dos óbitos não são conhecidas ainda.

O primeiro bebê foi encontrado por garis que faziam a coleta de lixo em Guadalupe, bairro da Zona Norte do Rio, na noite desta sexta-feira. O bebê estava dentro de uma mochila infantil, que exibia a logomarca de um desenho animado — sujo de sangue, e o artefato chamou a atenção dos funcionários da Comlurb. Ao ser colocada na caçamba no caminhão, a mochila abriu e derrubou a criança ao solo.



Pouco depois das 20h, os garis acionaram a Polícia Militar, e agentes do 41º BPM (Irajá) dirigiram-se ao ponto do incidente, situado na Rua Beta, altura do número 50. Informações do batalhão apontam que o bebê era de cor branca e aparentava ter entre seis meses e 1 ano de idade. Um dos funcionários da Comlurb que presenciou toda a cena, de 39 anos, foi arrolado como testemunha do ocorrido.

A segunda ocorrência foi registrada algumas horas depois, na madrugada deste sábado. Segundo informações do 5º BPM (Praça da Harmonia), o bebê foi achado numa lata de lixo, no entorno da estação de trem Central do Brasil. Bombeiros constataram o óbito no local.

Os dois casos foram registrados na Divisão de Homicídios da capital. As investigações irão apurar as circunstâncias das mortes das crianças.

Fonte: Estadão
Edição: R.Loureiro

Comentário

R MoreiraRio de Janeiro#avozdepetropolis,#jornalavozdepetropolis,#saibamaispetropolis,bebes,fim dos tempos,maldade,mortos,noticias de petropolisUm bebê estava dentro de uma mochila e outro em uma lixeira da Central do Brasil Dois bebês foram encontrados mortos no Rio de Janeiro, em menos de 12 horas. As crianças tinham sido abandonadas em Guadalupe, na Zona Norte do Rio, e no entorno da Central do Brasil. As...Notícias de Petrópolis - A verdade da notícia, doa a quem doer