Time de lendas dos videogames estará na Brasil Game Show em 2018 – Games




Time de lendas dos videogames estará na Brasil Game Show em 2018 – Games

Que a Brasil Game Show é a maior feira de games da América Latina todos sabemos, e também é de conhecimento de todos que algumas das maiores lendas da indústria já passaram por lá, mas para o ano de 2018 parece que eles se superaram e de fato como num game, atingiram a próxima fase no que diz respeito ao impressionante elenco de convidados.

Cory Barlog, atualmente o grande nome por trás da franquia God of War, sendo o diretor e roteirista do último jogo da série. Engana-se quem acredita que a aventura nórdica de Kratos foi sua primeira empreitada no mundo de God of War, já que Cory participa ativamente na produção dos jogos desde o primeiro game, em 2005. Juntamente a Cory, teremos a presença do brasileiro Glauco Longhi, artista sênior responsável pelos designs de jogos como God of War e Uncharted (que orgulho!).

Rod Fergusson é outra “lenda viva” da indústria! Chefe do The Coalition, estúdio encarregado dos jogos atuais da série Gears of War, Rod tem um longo histórico de trabalho na franquia, trabalhando desde o primeiro título ainda em 2005 e produzido pela Epic Games (conhecida hoje pelo fenômeno Fortnite). Rod também trabalhou brevemente como vice-presidente executivo em Bioshock Infinite, da (já extinta) Irrational Games.

Nem só de nomes da atualidade é composta a lista de convidados deste ano, e pela segunda vez consecutiva Nolan Bushnell, o “pai da Atari”, virá prestigiar o evento e certamente muitos cartuchos de Pong e Breakout serão autografados para a alegria dos incontáveis fãs de Atari no Brasil.

Hoje em dia, adaptações de filmes para games é algo comum, mas Howard Scott Warshaw (conhecido como HSW) foi pioneiro nesse segmento. Responsável pela primeira adaptação de um filme para vídeo game da história, levando as aventuras de Indiana Jones com o game Raiders of the Lost Ark para o Atari 2600. Com enorme sucesso comercial, HSW logo foi escalado para desenvolver outro jogo baseado em um filme: E.T. the Extra-Terrestrial, mas infelizmente esse jogo se tornou famoso por outros motivos, sendo considerado um dos piores games de todos os tempos e um dos maiores responsáveis pela crise na indústria de vídeo games, conhecida como o Vídeo Game Crash de 83.

Sem dúvidas Howard terá muito o que contar em sua visita!



Fumito Ueda, com um currículo irrepreensível, sendo o criador de Ico, Shadow of the Colossus e The Last Guardian, Fumito Ueda virá pela primeira vez ao Brasil, acompanhado de Masanobu Tanaka, chefe de animação de design do estúdio genDESIGN (formado por ex-integrantes do estúdio Team ICO). Assim como em seus jogos, sua presença será simplesmente “épica”.

Quem também terá muito o que falar (literalmente) é Charles Martinet, a voz do maior herói dos videogames: o Super Mario. Sempre muito bem humorado, o ator e dublador já visitou o país diversas vezes, mas desta vez sua presença será ainda mais especial, já que a Nintendo não participa da feira desde 2012, deixando os fãs da Big N “órfãos” de grandes atrações da empresa de Kyoto. Apesar de não ser uma participação oficial da companhia nipônica, será uma imensa alegria ter um de seus maiores representantes comparecendo este ano.

Outro herói de “carne-e-osso” dos games que vem para a feira esse ano é Daniel Pesina, o eterno Johnny Cage de Mortal Kombat. O cara trabalhou como modelo para a captura de movimentos na produção dos dois primeiros jogos da série Mortal Kombat, emprestando sua aparência para não somente Johnny Cage, como para os ninjas Scorpion, Sub-zero e Reptile. E apesar de se tratar de um jogo de videogame, Daniel Pesina é um artista marcial de verdade! Mestre em diversos estilos de kung fu, com uma escola de artes marciais (Chicago Wushu) em Chicago.

E por falar em luta, dois dos maiores nomes da atualidade no gênero de Fighting Games estarão na edição 2018 da Brasil Game Show:

Yoshinori Ono:
Sempre acompanhado de seu Blanka, Ono-San é muito conhecido por seu trabalho em Street Fighter V, mas também já trabalhou em outros títulos de peso como Breath of Fire IV, Onimusha, Dead Rising, Resident Evil, Devil May Cry, entre outros. Por falar em RE e DMC, Yoshinori não virá sozinho e este ano retorna à BGS acompanhado de Yoshiaki Hirabayashi, produtor de Resident Evil 2 (2019) e Michiteru Okabe, produtor de Devil May Cry 5. Esse ano a Capcom fará a alegria de muita gente nos pavilhões da BGS!

Katsuhiro Harada:
Outra figurinha recorrente na BGS, presente em diversas edições da feira desde 2012, o responsável por Tekken virá ao Brasil novamente para receber o carinho dos fãs, distribuir autógrafos e falar sobre o futuro de sua franquia de jogos de luta 3D.

Por fim, mas não menos importante, teremos a presença do criador da Video Game Orchestra, o compositor e músico Shota Nakama. Além de viajar pelo mundo com seu projeto musical envolvendo videogames, no qual apresenta shows que misturam música de orquestra com banda de rock, Shota também já trabalhou orquestrando a trilha sonora original do jogo Lightning Returns: Final Fantasy XIII.

Dentre tantas atrações a única questão é se haverá tempo suficiente para todas elas, mas para a nossa sorte a Brasil Game Show vai do dia 10 até o dia 14 de Outubro, com tempo de sobra para tirar fotos com seus ídolos e jogar os maiores lançamentos da indústria!

Conheça o Video Game Data Base, o museu virtual brasileiro dos videogames. A coluna de games do Lado B tem o apoio do Expo Video Game.

/**/(function(e,a,f){var c,b=e.getElementsByTagName(a)[0];if(e.getElementById(f)){return}c=e.createElement(a);c.id=f;c.src=”http://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.0″;b.parentNode.insertBefore(c,b)}(document,”script”,”facebook-jssdk”));/*]]>*/





Fonte