Grupo Nagoas, homenageia dia da Consciência Negra – 20/11

Grupo Nagoas, homenageia dia da Consciência Negra – 20/11

O Grupo Nagoas de capoeira, apresentou-se no palácio de cristal em homenagem ao

dia da Consciência Negra que se comemora amanha dia 20/11.

Contando com a presença do Contramestre Taz, vários participantes do projeto mostraram a beleza da capoeira, a presença do público petropolitano e turistas foi considerável e também das lideranças comunitárias de Petrópolis.


O que é a Associação de Capoeira Nagoas ?

Tendo a sua frente o Mestre Eliel a Associação de Capoeira Nagoas, tem como princípio o seguinte pensamento.


Associação de Capoeira Nagoas
Associação de Capoeira Nagoas

PEDAGOGIA INCLUSIVA

A capoeira como instrumento inclusivo deve ser cuidadosa em seus métodos e em suas bases pedagógicas. Deve promover a reflexão e o exercício diário dos valores. Deve ter como base a afetividade e o estabelecimento de vínculos saudáveis e construtivos que contribuam para a formação da identidade dos seus praticantes. Em todo o Brasil, têm proliferado os trabalhos do terceiro setor em diversos projetos junto às comunidades. A capoeira vem ocupando espaço de destaque nesse contexto e oferecendo contribuições significativas para a inclusão social.



QUEM PARTICIPA DO PROCESSO

A capoeira vem promovendo inclusão de pessoas que, até bem pouco tempo, estavam distantes e separadas da sua prática, mesmo sendo uma arte genuinamente brasileira. A presença das mulheres, por exemplo, era um acontecimento raro. As que se arriscavam a entrar na roda ganhavam notoriedade. Aos olhos do preconceito, capoeira sempre foi para homens. Nos últimos anos, essa realidade vem sendo modificada radicalmente e, em alguns grupos, as mulheres chegam a ser maioria nas aulas e nas rodas. São realizados encontros femininos de capoeira, nos quais são discutidos temas relacionados com a afirmação e a valorização da mulher na e por meio da capoeira. Na capoeira não existe distinção entre roda feminina e masculina. São iguais as possibilidades para mulheres e homens, que jogam, cantam e tocam de igual para igual. Existem respeito e integração de gênero, e participam deste processo crianças, adolescentes e adultos.

MESTRE ELIEL

Mestre Eliel
Mestre Eliel


Mestre Eliel iniciou na capoeira em 02 dezembro de 1976 em Ramos – Rio de Janeiro, com mestre Martins.
Em 1979 veio para Petrópolis onde conheceu Mestre Calunga com quem ministrou aulas na Rua Barão de Tefé no centro da cidade de Petrópolis.
Em 1985 se afastou da capoeira e da Associação Martins, experimentou outras modalidades de lutas, treinou karatê com Lirton Monassa, e posteriormente com Geraldino. Fez defesa pessoal na Academia Serrana, Judo na Academia Kosen, chegando a participar de campeonato sagrando-se vice-campeão.
Em 1995 retorna para capoeira, com autorização de mestre Martins e começa a ministrar aulas de capoeira.
Em 1996 funda a Associação Grupo Capoeira Nagoas, e participa de vários campeonatos e torneios. É a primeira associação de capoeira a ter uma sede própria na cidade. Premiado e elogiado em diversas ocasiões, mestre Eliel é mestre em 2º grau e diretor da Federação de Capoeira Desportiva do Estado do Rio de Janeiro.
Dentre outras atividades coordenou o Programa Segundo Tempo do Governo Federal em Petrópolis e Magé.
Em breve matéria completa sobre a Associação e seus trabalhos sociais em Petrópolis
Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.