Homem é preso após suspeita de assédio sexual no Metrô Rio

Homem é preso após suspeita de assédio sexual no Metrô Rio

O crime teria sido cometido entre as estações Central do Brasil e Presidente Vargas, no centro da cidade

Homem é preso após suspeita de assédio sexual no Metrô Rio
Homem é preso após suspeita de assédio sexual no Metrô Rio

Mais um caso de assédio sexual foi registrado no Rio de Janeiro. Desta vez, a vítima estava dentro de um vagão da Linha 1 metrô do Rio, quando sentiu um incômodo na altura dos quadris. O suspeito foi preso na manhã desta segunda-feira (11). O crime teria sido cometido entre as estações Central do Brasil e Presidente Vargas, no centro da cidade.


“Não podia acusar o rapaz porque, do ângulo que eu tinha, só enxergava a mochila dele, que ele estava usando para tapar a minha visão. Como estava incomodada com a situação, consegui me afastar um pouco. Foi quando uma testemunha conseguiu ver que ele estava com o botão e o zíper da calça abertos e as partes íntimas para fora, me puxou para um lado, afastou o agressor e gritou. O pessoal do metrô se revoltou e começou a agredir ele”, contou a mulher, que preferiu não se identificar.



O rapaz, que presenciou a cena, acionou a polícia, juntamente com a vítima. O autor do crime, o promotor de vendas Marcelo Duarte da Silva, 37 anos, foi conduzido à delegacia para presta depoimento. “Ando de metrô há cinco anos e nunca tinha passado por isso. Quando vi o agressor com a calça abaixada, tive uma sensação grande de constrangimento. Por mais que eu esteja de roupa, me senti violentada e agredida”, comentou.

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.