Invasões no Terminal Itaipava trazem preocupação com falta de segurança

Invasões no Terminal Itaipava trazem preocupação com falta de segurança

Terminal Itaipava falta de segurança causa preocupação

Invasões no Terminal Itaipava trazem preocupação com falta de segurança
Invasões no Terminal Itaipava trazem preocupação com falta de segurança

As consecutivas invasões do Terminal Itaipava nos fins de semana têm gerado preocupação para o Setranspetro e a empresa Turb Petrópolis com relação a falta de segurança no local. Na madrugada de domingo (1º), houve uma tentativa de arrombamento da máquina de recarga de cartões. O espaço também é constantemente vandalizado.




De acordo com a Turb, das 23h45 – horário de saída dos últimos ônibus do dia, até as 4h15 – quando os primeiros ônibus começam a circular, o Terminal fica vazio.

Para o Setranspetro, havia mais segurança quando os espaços contavam com guardas municipais. A instalação de mais câmeras de monitoramento também contribuiriam para coibir atos de vandalismo e situações como a tentativa de arrombamento da máquina de recarga.


“Até os funcionários ficam com medo, porque além dos atos de vandalismo e de invadirem o terminal, sem pagar passagem, também registramos com frequência: brigas e tentativas de agressão”, afirma o inspetor, Marcos Ramos.




Para Carla Rivetti, gerente do Setranspetro, vandalizar as máquinas de recarga prejudica, principalmente, a população que precisa usar o equipamento. “Para fazer o reparo dos danos causados, a máquina vai precisar ficar parada por um período e isso gera prejuízos financeiros”, explica Carla.

Fonte: Assessoria de Comunicação Setranspetro

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.