MagLev Cobra uma proposta do interesse da prefeitura de Petrópolis

MagLev Cobra uma proposta do interesse da prefeitura de Petrópolis

Matéria explicativa sobre o projeto “MagLev Cobra”

Em busca de uma melhor mobilidade urbana em Petrópolis,

o MagLev ‘Cobra’ tornou-se uma proposta viável.

O Maglev Cobra é um veículo de levitação magnética
O Maglev Cobra é um veículo de levitação magnética

Segundo a Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura de Petrópolis a  14ª Conferência Municipal de Trânsito e Transportes lançou edital que abre às portas do município para o uso de outros tipos de transporte em Petrópolis.




O edital apresentado busca projetos que apresentem viabilidade técnica e econômica-financeira.

O projeto MagLev “Cobra”, foi recebido com bons olhos pela prefeitura, mas para a população ficaram algumas perguntas:


O que é MagLev “Cobra”?

Quais as vantagens deste projeto ?

Quanto custaria a implantação deste projeto ?

Quem é a engenheira idealizadora do projeto ?

Vamos em poucas palavras tentar responder a estas questões.

Em primeiro lugar vamos conhecer o MagLev. (Vide vídeo)

Agora vamos as respostas das perguntas acima.

1º – O que é MagLev “Cobra”? 

Resposta:
O Maglev Cobra é um veículo de levitação magnética em desenvolvimento no LASUP (Laboratório de Aplicações de Supercondutores), em parceria com outras instituições. Visa revolucionar o transporte coletivo com alta tecnologia, energia eficiente, não poluente e de custo acessível para os grandes centros urbanos.



2º – Quais as vantagens deste projeto ?

Resposta:
Os sistemas metroviários tradicionais limitam seu funcionamento a rampas de apenas 4% de inclinação, sendo que um trem tradicional utiliza rampas de apenas 0,5% a 2% de inclinação.

Esta exigência técnica se dá em função do atrito entre a roda e os trilhos e implica em construir trechos bastante longos quando há necessidade de subir qualquer elevação. Como o Maglev Cobra levita, ele está limitado unicamente ao conforto do passageiro. Isso permite o uso de rampas de até 15 %, o que reduz de modo dramático os custos de obras civis para sua aplicação. Seu inovador sistema modular de articulação flexível permite ao trem se inscrever em curvas mais acentuadas do que os veículos tradicionais. Isso também propicia aos arquitetos maior liberdade para seus projetos e menor impacto urbano durante a fase de implantação.

Outra vantagem do seu sistema modular é que graças a elas, o Maglev Cobra pode acompanhar perfeitamente as vias existentes, inserindo-se de maneira integrada no ambiente, causando menor interferência na paisagem. O sistema modular faz com que a capacidade de cada trem seja escalável, com a adição de anéis, ajustando-se à demanda. O componente fundamental do veículo é a “base de levitação”, onde se fixam os módulos de passageiros e estão situados os criostatos.

Projeto MagLev pelo mundo
Projeto MagLev pelo mundo

A proposta destaca-se por ser:

* Ecologicamente correta, com menor poluição sonora e menor consumo energético.
* Economicamente correta, pois apresenta menor custo de implantação e manutenção.
* Tecnicamente correta, tendo em vista que a levitação magnética supercondutora é mais vantajosa que o método eletromagnético e eletrodinâmico.
* Politicamente correta, uma vez que está calcada em tecnologia nacional com oportunidades para crescimento industrial e científico.
* Socialmente correta, já que facilitará a mobilidade nas grandes cidades.

3º – Quanto custaria a implantação deste projeto ?

O Sistema MagLev Cobra está rapidamente se aproximando de sua maturidade. Isso significa que em muito pouco tempo estará disponível para aplicação comercial.

Atualmente o sistema está sendo implantado na UFRJ numa linha de testes com finalidades experimentais, mas que terá aplicação prática, transportando alunos e professores entre os prédios CT1 e CT2, sendo este último atualmente em fase final de construção.

Estabelecer os valores para aquisição de um veículo deste porte não é algo simples e envolve uma pesquisa de mercado inicial que visa determinar seu preço final em função de aspectos indiretos como:

  • Traçado
  • Terreno
  • Numero de passageiros atendidos
  • Número de viagens efetuadas
  • Tempo de implantação
  • Tempo médio de viagem
  • Aspectos indiretos de obras civis (túneis, pontes, viadutos, passarelas, desapropriações, demolições, etc)
  • Impacto social
  • Impacto ambiental




Todos estes aspectos são levados em conta na hora de se estabelecer uma definição de custo. Porém, de imediato é possível estimar algumas faixas baseado em dados de custo comparativas entre outras tecnologias existentes e o MagLev Cobra. Por exemplo, sabemos que seu baixo peso e vantagens tecnológicas implicam em obras civis mais rápidas e enxutas. Sua utilização em vias elevadas dispensa a abertura de tuneis.

Calcula-se que o MagLev Cobra custe bem menos que o metrô, a solução urbana mais corriqueira no mundo. Enquanto os metrôs custam de R$ 100 a 300 milhões/km, o Maglev Cobra custará aproximadamente R$ 33 milhões/km.

O projeto embrionário prevê a criação de um arco de 15,3 quilômetros, que vai do Bingen ao Quintandinha, passando pelo Centro, e capacidade de transportar até 130 mil passageiros ao dia.

Como o projeto de design foi planejado para fácil e rápida implantação, o perfil modular das obras civis permite a revolucionária transposição de linhas implantadas. Isso significa basicamente que uma prefeitura pode modificar o traçado de uma linha de acordo com suas necessidades. Esta solução é bastante interessante do ponto de vista dos grandes investimentos, como por exemplo a Copa do Mundo, os Jogos Olímpicos e etc.

Neste caso, linhas de acesso aos estádios podem ser rapidamente construídas e passado o evento, elas podem ser retiradas e reutilizadas em outras áreas, para atendimento da população onde ela realmente precisa.

Este aspecto da Tecnologia do MagLev Cobra é revolucionário no mundo e revela-se uma dupla vantagem em sua aquisição: Atende demandas emergenciais e pode ser utilizado ou recombinado de acordo com a necessidade da população, em um custo equivalente a um décimo do valor do metrô e implantação dezenas de vezes mais rápida.

Velocidade de implantação significa planejar, construir e inaugurar numa só gestão.

É benefício direto e imediato para a população.

Estas são explicações básicas sobre o projeto comboio de levitação magnética ou Maglev (em inglês: Magnetic levitation transport) aqui no Brasil conhecido como “Maglev  Cobra”  vulgo “Trem Bala” , por ter condições de alcançar velocidades acima dos 500Km.



Inicialmente, nossa proposta é que ele saia do Quitandinha, passe pelo LNCC, Ponte Fones, Alto da Serra, Fábrica Dª Isabel até o Centro na altura da Praça São Pedro de Alcântara. De lá, parte para o Bingen, completando o arco que estamos propondo”, destaca a “engenheira Angela França Pedrinho”(Vide Curriculum), uma das idealizadoras do projeto em Petrópolis.

 

Fontes: Projeto Maglev Cobra UFRJ

Vídeo: Canal Youtube Maglev Cobra

Fotos: Internet

Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura de Petrópolis

Texto: Roberto F. Loureiro

 

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.