Rua Mosela – estacionamento irregular atrapalha constantemente o trânsito

Rua Mosela – estacionamento irregular atrapalha constantemente o trânsito

Rua Mosela, estacionamento irregular causa transtorno todos os dias.

Automóveis, estacionados na rua, atrapalham completamente o trânsito
Automóveis, estacionados na rua, atrapalham completamente o trânsito

Parece que não tem fim para os transtornos causados por veículos que param irregularmente na Rua Mosela. O pior trecho fica próximo ao colégio São Judas Tadeu, onde diariamente diversos carros estacionam ao longo da via. O problema ocorre em diferentes horários, principalmente na hora do almoço e no final da tarde. E em alguns trechos, por a calçada ser larga, acaba favorecendo a ação dos motoristas.




A área tem um tráfego muito intenso, devido à presença de alguns mercados, pequenos comércios, igrejas e moradias, por isso, é comum ter dois ou até mais caminhões fazendo carga e descarga. Por todo o percurso, há placas informando que o estacionamento é proibido na região, mesmo assim motoristas insistem em desobedecer à sinalização.

Uma moradora que não quis ser identificada explicou que o problema é antigo e sempre enfrenta trânsito na região quando vai levar ou buscar as filhas na escola.

Perdemos muito tempo nesse trecho. É um abuso os caminhões pararem na rua se o estabelecimento comercial possui um estacionamento próprio para isso – contou.

Os motoristas devem redobrar a atenção para evitar algum acidente, já que são obrigados em alguns pontos a andarem pela contramão. A população sugere que seria adequada a presença de um agente de trânsito aplicando multas para o motorista que cometer irregularidades, pelo menos nos horários mais movimentados e com maiores incidentes.


Muitas vezes há a necessidade de subir na calçada para dar passagem a quem vem no sentido contrário
Muitas vezes há a necessidade de subir na calçada para dar passagem a quem vem no sentido contrário

De acordo com a Prefeitura, um dos maiores desafios da CPTrans, atualmente, é o combate ao estacionamento irregular. A prática é cometida em diversos pontos da cidade, sendo a maior causa de multa em Petrópolis, atualmente. Vale lembrar que, quem estaciona em local proibido está sujeito a multa grave de R$ 195,23 – no caso de ser em vagas para idosos e deficientes, o infrator deve desembolsar R$ 293,47, multa gravíssima e que rende 7 pontos na carteira.



A CPTrans conta, atualmente, com 11 agentes de trânsito – número insuficiente para suprir a demanda de Petrópolis, mas que só ao longo de 2017 conseguiu atender a 5.751 solicitações, incluindo estacionamento irregular.

Também no ano passado, a companhia conseguiu remover 637 veículos que atrapalhavam o trânsito das ruas, sendo rebocados ou retirados pelos próprios proprietários após a notificação. Com uma dívida herdada de quase R$ 30 milhões, sendo 25% deste valor pagos e negociados ao longo de 2017, a companhia trabalha para conseguir realizar um concurso público ainda este ano, o que será possível maximizar as ações de fiscalização.

A CPTrans solicita que, em casos semelhantes, a população denuncie a irregularidade pelos telefones 156 e 2237-1703.

Matéria: Diário de Petrópolis
Por: Natália Rodrigues

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.