Para delegado, esforço é para evitar confronto para cumprir ordem de prisão de Lula

Para delegado, esforço é para evitar confronto para cumprir ordem de prisão de Lula

Delegado da PF tenta evitar confronto para cumprir ordem de prisão

Polícia Federal negocia com defesa para que Lula se apresente

Coordenador de delegados da operação Lava Jato no Paraná, Igor Romário de Paulo afirmou na tarde desta sexta-feira que o esforço que está sendo feito pela corporação é para evitar que haja um confronto no cumprimento da ordem de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas não descartou uma eventual ação mais ostensiva após às 17h, prazo final estabelecido pelo juiz Sérgio Moro para que o petista se entregasse voluntariamente.



Questionado se a PF vai entrar no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo (SP) para deter Lula, o delegado disse que isso está sendo avaliado por equipes que estão no local.

“Essa hipótese é remota neste momento, a ideia é evitar”, disse ele, ao destacar que, mesmo após o prazo por Moro, a intenção ainda é tentar negociar com o ex-presidente.


Segundo informações o Batalhão de choque está de prontidão para entrar em ação.

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.