Petrópolis teve mais de 1,3 mil pontos de luz consertados em um mês

Petrópolis teve mais de 1,3 mil pontos de luz consertados em um mês

Vitorialuz já atendeu 40 locais em toda cidade

Petrópolis teve mais de 1,3 mil pontos de luz consertados em um mês
Petrópolis teve mais de 1,3 mil pontos de luz consertados em um mês

Em um mês de trabalho, a Vitorialuz fez consertos de 1.314 pontos de luz em mais de 40 locais. O trabalho de manutenção vem sendo realizado também à noite com duas equipes escaladas neste horário. O Centro foi o local com mais consertos, com 128 pontos de luz normalizados e o Carangola vem em seguida, com 93 pontos.




O serviço, no entanto, é pulverizado por todos os bairros para que o parque de iluminação – 40 mil pontos – seja todo revisto em menor espaço de tempo.

“A manutenção vem acontecendo em toda cidade e as equipes trabalham dia e noite. A população deve continuar apresentando solicitações ao Departamento de Iluminação Pública para que o trabalho possaseguir avançando e mais locais sejam atendidos”, afirma o secretário de Serviços, Segurança e Ordem Pública (SSOP), Djalma Januzzi.

Os locais que tiveram mais problemas por causa da chuva durante o mês de março também foram atendidos. No Caxambu, 24 pontos foram consertados após o temporal. Na região de Cascatinha e Itamarati – que engloba o Bela Vista –, foram 75 pontos acessos. Na Posse, houve 77 manutenções. Já no Independência, 23 luminárias voltaram a funcionar normalmente.

A Vitorialuz mantém sete equipes de trabalho: cinco equipes atuam durante o dia (de 7h às 17h) e outras duas, à noite (de 22h às 6h). Essa divisão aconteceu pensando em deslocar turmas para locais mais movimentados apenas para o noturno, Centro, Alto da Serra, Itaipava e os distritos.


Durante o dia, serão usados quatro caminhões cestos e um carro de menor porte para facilitar o deslocamento dos funcionários em locais de difícil acesso e ruas estreitas – como servidões.

Para o trabalho, as equipes têm contado com a contribuição de liderança comunitárias, que acompanham os funcionários para localizar mais rapidamente os pontos que tiveram manutenção solicitada e apontar outros que também precisam de conserto.

Os moradores podem apresentar pedidos de manutenção pelos telefones: 0800-024-1000 / 2233-8165 / 2246-8971.Outro caminho para apresentar demandas de manutenção é pelo site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br), clicando no ícone de iluminação pública, que fica na lista à direita.

Além disso, a Vitorialuz trouxe como novidade para Petrópolis o aplicativo para celulares com sistema operacional Android. Por meio dele, é possível indicar os pontos que precisam de manutenção e acompanhar os pedidos. Foi o que fez a estudante Rafael Alves. Ela fez o download e apresentou a solicitação. Três dias depois, o serviço foi executado onde ela mora, na Rua Gaspar Gonçalves (Quarteirão Brasileiro). No dia que a equipe esteve no local, os vizinhos ajudaram apontando outros pontos que precisavam de conserto.

“Eu moro a pouco tempo por lá e, por isso, pedi a manutenção. Quando eles vieram, os vizinhos começaram a mostrar onde precisava e eles fizeram a rua toda e ainda a Rua Professor Stroeller. Acho que o aplicativo facilita muito porque agora não é necessário ficar ligando para fazer um pedido, qualquer pessoa tem um smartphone e o aplicativo é super fácil e intuitivo. Fiquei muito satisfeita”, conta ela.

Para fazer o download, basta ir na Play Store e procurar o aplicativo “Petrópolis IP”. Ele é gratuito e bem simples de usar: para cadastrar novas notificações, é só preencher o formulário com informações do solicitante e do ponto de luz apagado. Para facilitar ainda mais o pedido, o morador pode ficar atento ao número de identificação do ponto de luz. Ele fica fixado no poste ou própria luminária. Ao solicitar a manutenção, o morador pode informar esse número que ajuda a localizar o ponto exato onde a luminária fica – o que ajuda as equipes na rua a encontrar o problema mais rápido.



O trabalho de iluminação pública foi prejudicado em 2017 com a saída da antiga empresa contratada para o serviço, que não cumpriu demandas apresentadas pelo município e cobrou por serviços que não foram solicitados, com uma fatura mais alta do que o efetivamente feito. Em julho, a SSOP fez uma contratação emergencial apenas para a manutenção da rede e, durante o segundo semestre do ano passado, 8.035 pontos de luz em 102 locais foram consertados.

Em dezembro, a Vitorialuz venceu a concorrência pública oferecendo R$ 3,79 milhões não apenas pela manutenção, mas também pela extensão da rede. O valor representa uma economia de R$ 2 milhões em relação ao contrato firmado pela gestão passada em 2016. Os funcionários contratados serão responsáveis por manter 98% do parque de iluminação acesso – Petrópolis tem 40.805 pontos de luz em todos os distritos.

Anúncios