Prefeitura arrecada mais de R$ 156 mil em leilão de itens sucateados

Prefeitura arrecada mais de R$ 156 mil em leilão de itens sucateados

Foram arrematados 36 lotes compostos por carros e equipamentos de escritório

Leilão 2 - Prefeitura arrecada mais de R$ 156 mil em leilão de itens sucateados
Prefeitura arrecada mais de R$ 156 mil em leilão de itens sucateados

Os arrematantes dos 36 lotes de bens móveis da prefeitura poderão, a partir desta terça-feira (10.04), dar entrada no processo de retirada dos itens.




Entre os bens, estão 28 carros sucateados em gestões anteriores, computadores, notebooks e itens de escritório, todos considerados de recuperação antieconômica, ou seja, quando o custo para sua restauração é maior do que o de possível venda. Com o leilão virtual, que aconteceu no último dia 3, a prefeitura vai arrecadar R$ 156.682,00. Só com os veículos sucateados, são R$ 92 mil.

Os veículos arrematados no leilão fazem parte de uma frota encontrada sucateada pela atual gestão e da qual não foi possível fazer a recuperação. Ao todo, em 2017, o governo municipal encontrou 99 veículos neste estado. Eles estavam em cinco pontos da cidade, inclusive no aterro de Pedro do Rio.

“Muitos veículos chegaram a um ponto de abandono que simplesmente não há mais como fazer a recuperação. É patrimônio do cidadão petropolitano que não foi cuidado da maneira que deveria e acaba prejudicando a população duplamente: primeiro, pelo desperdício de dinheiro público e, em segundo, pelos serviços que ficam mais precários. Conseguimos recuperar parte da frota e com a colocada no leilão é possível recuperar alguns valores, reforçando os cofres do município”, diz o prefeito Bernardo Rossi.

Até o ano passado, a prefeitura conseguiu recuperar e colocar em funcionamento 96 veículos. Eram carros e motos da CPTrans, Secretaria de Saúde, Guarda Civil, Secretaria de Obras entre outras pastas. Todos os que puderam ser colocados em uso foram realocados à frota e estão em operação. Já 71 carros sucateados, a prefeitura estuda como fazer o descarte observando as questões jurídicas inerentes ao tema.



Todos os 36 lotes colocados no leilão foram arrematados. No total, foram 564 lances. A partir desta terça-feira (10.04), o leiloeiro responsável pelo processo vai dar início à emissão das notas fiscais referentes aos bens, e os arrematantes receberão instruções sobre como proceder para adquiri-los.