Salário de Paulo Igor voltará a ser pago por ordem judicial

Salário de Paulo Igor voltará a ser pago por ordem judicial

O juiz da 4ª Vara Cível de Petrópolis, Jorge Luiz Martins.

Salário de Paulo Igor voltará a ser pago por ordem judicial
Salário de Paulo Igor voltará a ser pago por ordem judicial

Decidiu nessa segunda-feira (13) que a Câmara Municipal deve pagar o correspondente a 40% dos subsídios de vereador à mulher do ex-presidente Paulo Igor. A determinação foi dada em ação movida por Paulo Igor, preso no dia 12 de abril, por decisão do Tribunal de Justiça, que também o afastou das funções públicas e proibiu que entre na Câmara.


O pagamento a ser feito à esposa do vereador tem efeito retroativo, desde que Paulo Igor teve o salário suspenso por decisão da Mesa Diretora da Câmara em junho último. Na decisão, o juiz Jorge Martins afirma que o “ânimo da decisão é o de proteger o atendimento das necessidades básicas da família de Paulo Igor”. Até o fim da tarde de ontem, a Câmara não havia sido citada da decisão.





#avozdepetropolis
#saibamaispetropolis
#noticiasdepetropolis
#jornalavozdepetropolis
#aconteceempetropolis
#diariodepetropolis