Agente de trânsito que encontrou bebê às margens da Av. Brasil é homenageado

Agente de trânsito que encontrou bebê às margens da Av. Brasil é homenageado

Caso está sendo investigado pela 39ª DP (Pavuna).

A criança segue internada na Maternidade Alexander Fleming e passa bem.

alexandre - Agente de trânsito que encontrou bebê às margens da Av. Brasil é homenageado
Alexandre da Silva Dias será homenageado na Câmara de Vereadores

O agente de trânsito Alexandre da Silva Dias será homenageado na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro no começo da tarde desta sexta-feira (22). Ele encontrou um bebê recém-nascido, ainda com o cordão umbilical, às margens da Avenida Brasil.


Alexandre conta que, durante a operação de resgate, ligou para o Corpo de Bombeiros, dizendo que havia encontrado uma criança. Ele solicitou auxílio aos agentes da Força Nacional, que o levaram para a maternidade Alexander Fleming, em Marechal Hermes, na Zona Norte do Rio.  Alexandre contou que pensou que fosse um boneco.

“Quando eu fui subir a escada, eu costumo subir e olhar para baixo, eu vi e me assustei. Falei ‘é um boneco?’. Porque ele estava tão quietinho e os pezinhos encolhidos, eu falei ‘é um boneco’. Conforme eu recuei, fez barulho na madeira [da escada que ele subia], ele mexeu. E os companheiros de trabalho falaram ‘está morto’.

Eu falei ‘não está morto não, está vivo’. Foi quando nós tomamos a iniciativa de pegar o meu jaleco, falando com os bombeiros ao mesmo tempo, e cobri-lo para tirar do mato”, explicou o agente de trânsito.



O agente da CET-Rio disse ainda que usou o jaleco que usava para cobrir o bebê, porque ele já estava com marcas de picada de formiga. “Passou muita coisa na nossa cabeça naquele momento”, disse.

O caso está sendo investigado pela 39ª DP (Pavuna), mas o inquérito corre em sigilo.



A criança segue internada na Maternidade Alexander Fleming, em Marechal Hermes. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, ele passa bem e tem estado de saúde estável. Após a alta, ele será levado para um abrigo.