Mais dois policiais militares são assassinados no Rio em menos de 24 horas

Mais dois policiais militares são assassinados no Rio em menos de 24 horas

luto - Mais dois policiais militares são assassinados no Rio em menos de 24 horas
129 o número de PMs assassinados somente este ano


Em menos de 24 horas dois policiais militares foram mortos no Rio de Janeiro, elevando para 129 o número de PMs assassinados somente este ano, 27 em serviço.

A vítima mais recente foi o segundo sargento Fábio Alexandre Eufrásio Silva, de 45 anos.

De acordo com a PM, durante uma tentativa de abordagem, uma patrulha do Batalhão da Maré entrou em confronto armado com criminosos que estavam em um carro, na Avenida dos Democráticos, em Higienópolis, na zona norte.

O policial foi socorrido e levado para o Hospital-Geral de Bonsucesso, mas não resistiu. Os bandidos levaram o fuzil do policial militar.


Logo depois do crime, equipes do Batalhão de Polícia de Choque e das Unidades de Polícia Pacificadora da área deram início a uma operação nas comunidades Arará, Mandela e Manguinhos. Nesta última foi recuperado o fuzil do policial.

O sargento Eufrásio tinha 18 anos na corporação, deixa esposa e seis filhos. Ele foi o 27º morto em serviço.

Já no domingo (17), o cabo Eder Gomes de Mattos, lotado no Batalhão de Operações Especiais (Bope), também foi baleado.

O crime aconteceu na Avenida Brasil, altura de Parada de Lucas, também na zona norte da capital.

Segundo informações colhidas pela Polícia Militar, o agente estava em sua moto quando homens armados tentaram fechar a via e atiraram. Ele foi socorrido e levado para o hospital, mas não resistiu.


A arma, a moto e outros pertences do policial foram recuperados. O cabo Eder tinha 37 anos e estava há seis anos na Polícia Militar. Ele deixa esposa e uma filha.