Adélio agiu sozinho no momento do atentado contra Bolsonaro, diz delegado da PF


Adélio agiu sozinho no momento do atentado contra Bolsonaro, diz delegado da PF

BRASÍLIA (Reuters) – Adélio Bispo de Oliveira agiu sozinho no dia e no momento em que ele esfaqueou o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, concluiu inquérito da Polícia Federal, mas outra investigação busca verificar se há outras pessoas envolvidas de algum modo no atentado, disse nesta sexta-feira o delegado Rodrigo Morais.



Em entrevista coletiva, Morais disse, no entanto, que até agora a Polícia Federal não tem informações que mostrem envolvimento de outras pessoas no ataque.

O delegado ressaltou que não restam dúvidas de que o motivo que levou Adélio a praticar o crime foi o componente político.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

$(document).ready(function() {
$.ajaxSetup({ cache: true });
$.getScript(‘//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js’, function(){
FB.init({
xfbml : true,
version : ‘v2.5’
});

});
});





Fonte





%d blogueiros gostam disto: