Sem atendimento pediátrico, UPA Centro nega atendimento a criança

Sem atendimento pediátrico, UPA Centro nega atendimento a criança

UPA – CENTRO

Criança de 8 meses volta pra casa com dor, por falta de atendimento

Sem atendimento pediátrico, UPA Centro nega atendimento a criança
Sem atendimento pediátrico, UPA Centro nega atendimento a criança

O aposentado Ricardo Muss, de 54 anos, alega que a UPA Centro negou atendimento para sua neta de oito meses de idade. Ela foi levada com urgência no último sábado (30) devido a uma forte dor de ouvido.




Segundo ele, os profissionais não prestaram o serviço sob a justificativa de não haver pediatra atendendo na unidade. A Secretaria de Saúde negou a falta de médico, mas disse que irá apurar a denúncia.

“Tivemos que voltar com a menina para casa. Não quiseram atender, alegando falta de pediatras. Como isso pode acontecer? De todos os setores, a saúde é o mais importante, precisa de uma melhor atenção.” disse o avô, que conseguiu atendimento para a neta com um neuropediatra amigo da família.




“Só conseguimos fazer o bebê parar de chorar depois de dar o medicamento que ele nos recomendou. Ela estava com muita dor. Não é possível que nem uma criança tem direito a um médico”, reclamou.

A Secretaria de Saúde disse, por meio de sua assessoria, que a Unidade de Pronto Atendimento do Centro operou com equipe completa no sábado, dia 30 de junho, com quatro profissionais clínicos gerais e três pediatras e que a direção da unidade vai apurar a denúncia.




Nossa equipe tentou entrar em contato com a Unidade de Pronto Atendimento, mas não obteve êxito.

Anúncios

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.