Mais um suspeito por morte de jovem espancado em Corrêas é preso

Mais um suspeito por morte de jovem espancado em Corrêas é preso

Investigações continuam polícia está atrás dos outros suspeitos

Felipe dos Santos Petronilho, de 26 anos
Felipe dos Santos Petronilho, de 26 anos

Na noite desta quarta-feira ,o segundo suspeito de ter participado do espancamento que levou à morte de Felipe Petronilho, de 26 anos, ocorrida no dia 19 de março.




O homem, de 28 anos, que estava foragido, foi reconhecido e capturado na Estrada União e Indústria, na Posse, pela Polícia Militar. Na semana passada, a agentes da 105ª Delegacia de Polícia, no Retiro, prenderam um outro suspeito, de 21 anos, na Comunidade do Neylor.

A prisão dos suspeitos foi em cumprimento a um mandado de prisão temporário de 30 dias expedido pela 1ª Vara Criminal de Petrópolis. Dos suspeitos, o segundo de 28 anos, possui um mandado de prisão em seu nome. Ele foi levado para a 106ªDP, em Itaipava, onde ficou preso.


No dia 25 de fevereiro, Felipe foi espancado durante uma briga em um bar, em Corrêas. Depois de 20 dias de internação, ele acabou não resistindo aos ferimentos e faleceu no Hospital Santa Teresa (HST). O jovem trabalhava em uma carrocinha de cachorro-quente no Centro, e era bastante conhecido na cidade. Nas redes sociais, parentes e amigos lamentaram a morte do rapaz.

Relembre a matéria



Em depoimento na 105ªDP, o pai de Felipe contou que o rapaz foi espancado por quatro homens, mas não soube dizer qual teria sido o motivo da briga. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levado para o hospital.

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.