Pedido de investigação foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR)

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta quinta-feira (18) abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer. O pedido de investigação foi realizado pela Procuradoria-Geral da República (PGR). As informações são do G1.

Após a decisão, o presidente passa oficialmente a ser investigado no âmbito da Operação Lava Jato.

Em delação à PGR, o empresário Joesley Batista afirma ter gravado, em março deste ano, o presidente dando autorização para comprar o silêncio do e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O depoimento do empresário e de seu irmão, Wesley Batista, foi homologado pelo STF.

Fonte:G1

Deixe seu comentário

Avaliação