Vereador protocola requerimento de informação à Concer

Vereador protocola requerimento de informação à Concer

O pedido tem finalidade de buscar informações que possam ajudar no planejamento turístico da cidade de Petrópolis

Vereador Antonio Brito protocola requerimento de informação à Concer
Vereador Antonio Brito protocola requerimento de informação à Concer

Na manhã de sexta-feira passada, 19, o vereador Antonio Brito (PRB) protocolou junto à Concer, concessionária que administra trecho da Rodovia BR 040, um requerimento de informação sobre a quantidade de veículos que passaram pelas praças de pedágio em Xerém, e em Pedro Rio, tanto no sentido Rio de Janeiro quanto no sentido Juiz de Fora, durante todos os dias do ano de 2017.



De acordo com o vereador, a intenção é saber a quantidade de veículos que passaram pelo praça do pedágio de Xerém, sentido Petrópolis, e não passaram na praça em Pedro do Rio.

“Com essas informações diárias, e as cruzando com os eventos que ocorreram em Petrópolis no ano passado, a gente consegue calcular o número de veículos e turistas que a cidade recebeu”, alega Antonio Brito.


“As estatísticas servem para fazer o planejamento, a sumarização e a interpretação  de observações. Isto é fundamental para que a gestão pública do turismo em Petrópolis seja cada vez melhor planejada.   O objetivo da estatística é a produção da melhor informação possível a partir dos dados disponíveis.

Não há desenvolvimento da economia através do turismo sem um bom planejamento.  Essas informações vão nos ajudar a ter dados mais próximos da realidade da chegada de turistas à nossa cidade, e com isso ter clareza para tomar as melhores decisões no planejamento”, disse o vereador.



O requerimento de informação foi feito baseado na Lei 12527/11, que trata dos procedimentos a serem observados pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios, com a finalidade de garantir o acesso a informações, como previsto na Constituição Federal.

As demais entidades controladas direta ou indiretamente pelo poder público também estão subordinadas a esta lei, e tem 30 dias para responder ao questionamento.

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.