VERGONHA – CCJ aprova soltura de deputados do PMDB por 4 a 2

VERGONHA – CCJ aprova soltura de deputados do PMDB por 4 a 2

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia acabou de votar o

posicionamento em relação à prisão de Jorge Picciani, Edson Albertassi e Paulo Melo.

Parecer ccj
Parecer ccj

Como era de se esperar, os nobres decidiram pela revogação das medidas cautelares impostas pela Justiça, por 4 votos favoráveis e 2 contrários.

São sete os titulares do grupo: Rafael Picciani (PMDB), filho de um dos deputados presos, se absteve.



Agora, o parecer segue para ser votado em plenário — e a sessão poderá ser acompanhada pelos fluminenses por meio da TV Alerj.


 

A relatoria do parecer pela soltura dos peemedebistas — e retorno aos mandatos parlamentares — é de Milton Rangel (DEM).

Acompanharam o relator: Gustavo Tutuca (PMDB), Chiquinho da Mangueira (Podemos) e Rosenverg Reis (PMDB) — repetindo o placar que determinou que a imprensa fosse proibida de acompanhar a sessão.




Luiz Paulo (PSDB) apresentou um voto em separado, e foi acompanhado por Carlos Minc (sem partido).

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.