Até o momento vítima não foi reconhecida.

Mulher queimada encontrada em terreno abandonado na Mosela
Mulher queimada encontrada em terreno abandonado na Mosela.

Vítima foi encontrada viva porém com 80% do corpo queimado, em um matagal, na Rua Álvaro Lopes de Castro, na Mosela.

Policiais chegaram ao local por volta das 5h, após recebimento de uma denúncia, que ouviu os gritos da vítima, a vítima foi atendida pela equipe do Corpo de Bombeiros e ainda segundo a equipe, a vítima estava “respirando lentamente” e foi levada para o Hospital Santa Teresa.

Até o momento, a vítima de cor negra não foi identificada. Ela está sedada e em estado grave.

O delegado da 105ª Delegacia de Polícia do Retiro, Cláudio Batista, informou que o caso está sendo investigado de forma criteriosa.

“Estamos em busca da identificação da vítima, para isso, está sendo requisitada uma perícia papiloscópica (ciência que trata da identificação humana através das papilas dérmicas existentes na palma das mão) com o intuito de colher as digitais que serão enviadas para o Instituto Félix Pacheco, no Rio”.

Uma perícia local também foi acionada.

O delegado afirma que a individualização da vítima (identificação) é o primeiro passo para ser criada uma linha de investigação.




Até a manhã deste sábado (5) nenhum familiar teria ido até o hospital procurar pela mulher.

“A unidade de saúde ficou de informar caso isto ocorra”, acrescenta Dr.º Cláudio Batista, que solicita a população que encaminhe qualquer informação sobre o caso para 105ª DP.

Por volta das 10h30, uma equipe da Polícia Civil esteve na Rua Lopes de Castro, na Mosela, em busca vestígios sobre o crime.

O andamento do processo segue em sigilo.


ATUALIZAÇÃO

Equipes da 105a Delegacia Policial de Petrópolis seguem atrás de vestígios
Equipes da 105a Delegacia Policial de Petrópolis seguem atrás de vestígio




Informe da 105º DP.

Nenhum documento foi encontrado com a vítima que tinha com ela um par de sapatos de cor azul, uma bolsa de camurça marrom e um chaveiro em forma de carteira com uma chave comum e uma tetra chave.

A polícia civil trabalha intensamente para esclarecer os fatos e acredita que o apoio, através de informações anônimas e não anônimas, será fundamental para a celeridade do trabalho.

Informações

Tel: 22910816
992500697

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.