Patrimônio do empresário denunciado na operação passou de R$ 16 milhões para R$ 156 milhões em um ano

MPF denuncia Sérgio Cabral, empresário 'Rei Arthur' e mais sete
MPF denuncia Sérgio Cabral, empresário ‘Rei Arthur’ e mais sete




O Ministério Público Federal (MPF) denunciou o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB), o ex-secretário de Saúde Sérgio Côrtes, o empresário Arthur Cesar de Menezes Soares Filho (conhecido como Rei Arthur) e mais cinco pessoas no último domingo (8).

O executivo “Rei Arthur”, que está foragido, é acusado de pagar US$ 10 milhões ao ex-governador para obter benefícios do peemedebista em contratos de sua empresa. Ele também já era acusado de intermediar a compra de votos da Olimpíada do Rio em 2016. De acordo com a procuradoria, o patrimônio passou de R$ 16 milhões em 2006 para R$ 156 milhões em 2007, quando Cabral assumiu o governo do Estado.




Também são acusados Renato Chebar, delator do processo e ex-doleiro de Cabral; o operador financeiro Carlos Miranda; Elaine Pereira Cavalcante, sócia de Rei Arthur; Enrico Vieira Machado e Leonardo Aranha.

Segundo o MPF, as licitações eram direcionadas e empresários beneficiados com contratos bilionários para reverter percentual desses valores, cerca de 5%, a agentes públicos.




Fonte: Agência Brasil

https://i1.wp.com/www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/10/MPF-denuncia-Sérgio-Cabral.jpg?fit=600%2C370&ssl=1https://i1.wp.com/www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/10/MPF-denuncia-Sérgio-Cabral.jpg?fit=150%2C93&ssl=1Marcia ChavesBrasil#avozdepetropolis,a voz de petropolis,Brasil,Cabral,cidade de petropolis,cidade do Rio,condena,cultura,dia a dia de petropolis,informações,jornais,jornal de petropolis,matérias,minuto a minuto,MPF,noticias,noticias de petropolis,notícias urgentes,noticiasdepetropolis,politica,prefeitura,Rei Arthur,rio de janeiro,RJ,saber mais petropolis,saiba mais petropolis,sergio cabral,tempo real,ultima hora,urgente,viajarPatrimônio do empresário denunciado na operação passou de R$ 16 milhões para R$ 156 milhões em um ano (adsbygoogle = window.adsbygoogle || ).push({}); Também são acusados Renato Chebar, delator do processo e ex-doleiro de Cabral; o operador financeiro Carlos Miranda; Elaine Pereira Cavalcante, sócia de Rei Arthur; Enrico Vieira Machado e...Noticias de Petrópolis em um só lugar, a verdade doa a quem doer.