Pavimentação e drenagem fazem parte das contrapartidas exigidas ao município dentro do Minha Casa Minha Vida

Construção das 776 moradias já alcançou 67%

As obras de infraestrutura do entorno do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti serão iniciadas em outubro. Elas serão feitas pela Gravisa Engenharia e Empreendimentos, vencedora da licitação promovida pela Secretaria de Obras oferecendo um valor 32,3% abaixo do previsto pelo edital: R$ 731.934,51. O contrato será assinado nesta semana e, em seguida, será emitida ordem de início dos trabalhos. Dessa forma, o município começa a cumprir as contrapartidas exigidas pelo programa Minha Casa Minha Vida. A construção das 776 moradias já alcançou 67% de conclusão.

Obras de infraestrutura no Vicenzo Rivetti serão iniciadas em outubro
Obras de infraestrutura no Vicenzo Rivetti serão iniciadas em outubro



O local vai receber pavimentação em blocos de concreto, com a retirada do asfalto atual, nivelamento da rua, reforço do solo e aplicação de nova camada de asfalto. Além disso, será feita calçada e meio-fio em concreto. Ainda estão previstas a instalação de manilhas, a construção de valetas para drenagem de águas pluviais e colocação de caixa de ralo.

“Desde o início do ano nós temos tido um empenho muito grande na questão habitacional e agora damos mais um passo importante na consolidação do maior projeto de casas em andamento no município. Vamos iniciar as obras de infraestrutura, fundamentais para atender as quase três mil pessoas que vão morar aqui. E já estamos caminhando com as outras exigências que temos que cumprir, na área social e de equipamentos urbanos”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

A construção do conjunto habitacional ficou parada por três anos com a saída da antiga empresa. Nesse ano, com a retomada pela AB Construtora, a obra saltou de 5% para 67%. Em janeiro, na primeira visita do prefeito, o terreno ainda estava coberto de mato. Agora, os blocos já estão erguidos e alguns já possuem até revestimento externo. Os trabalhos são executados por 110 funcionários.




Já é possível inclusive saber o padrão de como serão entregues os apartamentos – as unidades modelos, que já foram apresentados para a prefeitura e para a Caixa, mostra como serão portas, revestimento de teto e piso, pias, tanque. As cerâmicas, por exemplo, são antiderrapantes, adequados para quem tem dificuldade de mobilidade. Das 776 moradias, 23 destinadas para famílias que possuem pessoas com deficiência.

“A seleção dessas famílias já está sendo estudada pela nossa secretaria em parceria com Assistência Social e a Caixa. O município aponta as famílias que esperam por casas, como aquelas que recebem aluguel social, e a Caixa fica responsável por definir os beneficiários, a partir dos critérios do Minha Casa Minha Vida. É um sonho que está cada vez mais próximo de ser concluído e a gente está caminhando nesse sentido”, destaca o secretário de Obras, Habitação e Regularização Fundiária, Ronaldo Medeiros. Os apartamentos são destinados para as famílias de mais baixa renda (que recebem R$ 1,8 mil/mês).




A cidade também já está estudando o atendimento das contrapartidas sociais, que incluem a gestão dos condomínios e a capacitação profissional dos futuros moradores. Outros pontos do planejamento de infraestrutura para o bairro serão debatidos na Conferência Municipal de Habitação, que acontece no dia sete de outubro. Neste dia, a população vai poder tratar sobre questões relacionadas a saneamento básico, serviços de limpeza e transporte público, fornecimento de energia, redes de saúde e educação, entre outros. A conferência é aberta a todos os petropolitanos e vai acontecer na Casa dos Conselhos Augusto Ângelo Zanatta, à partir de 9h.

Ainda assim, as melhorias que o Vicenzo Rivetti vai ganhar já agrada quem vive na região.

“Está ficando muito bom, a gente vê o condomínio crescendo e logo, logo já vai estar cheio de gente aqui. Tudo que está sendo feito aqui vai mudar a história daqui”, acha a moradora Andressa de Souza.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social/PMP
Edição: R.Loureiro

https://i1.wp.com/www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/10/Obras-de-infraestrutura-no-.jpg?fit=600%2C370&ssl=1https://i1.wp.com/www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/10/Obras-de-infraestrutura-no-.jpg?fit=150%2C93&ssl=1Marcia ChavesCidade#avozdepetropolis,a voz de petropolis,Brasil,cidade de petropolis,cidade do Rio,cultura,dia a dia de petropolis,informações,infraestrutura,jornais,jornal de petropolis,matérias,minuto a minuto,noticias,noticias de petropolis,notícias urgentes,noticiasdepetropolis,pavimentação,politica,prefeitura,rio de janeiro,RJ,saber mais petropolis,saiba mais petropolis,tempo real,ultima hora,urgente,viajar,Vicenzo RivettiPavimentação e drenagem fazem parte das contrapartidas exigidas ao município dentro do Minha Casa Minha Vida Construção das 776 moradias já alcançou 67% As obras de infraestrutura do entorno do conjunto habitacional do Vicenzo Rivetti serão iniciadas em outubro. Elas serão feitas pela Gravisa Engenharia e Empreendimentos, vencedora da licitação promovida...Noticias de Petrópolis em um só lugar, a verdade doa a quem doer.