Ação, que também conta com o apoio de diversas delegacias e do Exército, visa cumprir mandados de busca e apreensão em 180 endereços.

Agentes tentam cumprir 118 mandados de prisão — Foto: Reprodução
Agentes tentam cumprir 118 mandados de prisão — Foto: Reprodução

Policiais do Departamento Geral de Polícia da Baixada (DGPB) e da 50ª DP (Itaguaí) realizam, na manhã desta quinta-feira (20), uma operação para tentar prender 118 milicianos. A ação, que também conta com o apoio de diversas delegacias e do Exército, visa cumprir mandados de busca e apreensão em 180 endereços.

A operação, batizada de Heracles, mira o grupo criminoso que é composto por milicianos da Zona Oeste do Rio, mas que estendeu a atuação até a Baixada Fluminense.

A ação é realizada no munícipio em Itaguaí e nos bairros de Campo Grande, Santa Cruz, Paciência, Sepetiba, Cosmos, Inhoaíba, Campinho e Praça Seca. Entre os 118 alvos, estão dois PMs e um ex-PM.

A operação é um desdobramento da Freedom, na qual foram expedidos 43 mandados de prisão preventiva e 96 mandados de busca e apreensão.

Segundo as investigações, foram identificados e indiciados os principais líderes da organização criminosa a partir do chefe Wellington da Silva Braga, vulgo Ecko ou Didi.

Ainda de acordo com a polícia, os milicianos expulsaram os traficantes das comunidades do Barbante, Rola e Antares e ocupam as mesmas mantendo vários pontos de vigilância e grande número de armas de fogo.

Os indiciados possuem antecedentes criminais por tráfico de drogas e/ou roubo, o que deixa claro uma mudança nas características da organização criminosa.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.