drogas



A maneira de pensar que adolescentes que usam álcool e drogas são “maus filhos” é equivocada  e a interpretação de que este uso ou experimentação é um sinal de rebeldia e que pretendem “atacar” a posição autoritária dos Pais também não é a correta. Pode até ser considerada como fator de uso em um pequeníssimo percentual entre adolescentes; mas essa tendência de uso, perigosa, não é tão simples ou unilateral. A fim de entender este comportamento você tem que se colocar no lugar deste adolescente e imaginar o que ele está realmente enfrentando.Você se lembra de como era ser um adolescente? Entendimento é o primeiro passo para ajudar.

TÉDIO

Uma das razões mais comuns que os adolescentes começar a experimentar  álcool e drogas é que se sentem entendiadas e não têm interesses mais profundos. Veem as drogas e o álcool como um passatempo para ser explorado. Tente dar ao seu adolescente mais responsabilidades ou atividades extra-curriculares para se envolver para que ele ou ela não tenham tempo para pensar sobre o uso da substâncias  psico-ativas.

UMA EXPERIÊNCIA DE LIGAÇÃO

Muitos adolescentes são tímidos e têm dificuldade para fazer amigos e as drogas e o álcool os ajudam a se sentirem mais confiantes ou para se relacionar com um grupo social que é conhecido pelo o uso dessas substâncias, decorrente da necessidade de se relacionar e fazer amigos. Incentive  seus filhos para se juntar a clubes e esportes que podem ajudá-los a fazer amigos de uma forma saudável.




DEPRESSÃO

Alguns adolescentes se voltam para as drogas e o álcool como uma forma de escapismo. Quando estão tristes ou deprimidos veem estas substâncias como forma de esquecer e se sentir mais felizes.  O adolescente pode ver, apenas, uma atitude mal-humorada como “apenas ser um adolescente,” mas pode haver uma depressão mais profunda.

CURIOSIDADE

A curiosidade é uma parte natural da vida e os adolescentes não estão imunes à essa vontade. Muitos adolescentes começam a experimentar drogas e álcool simplesmente porque são curiosos e querem saber o que se sente quando do uso experimental de SPA. Como adolescentes, eles têm a ilusão de que são invencíveis. Mesmo sabendo que as drogas são ruins,  não acreditam que nada de ruim pode realmente acontecer a eles. Educar seu filho sobre as repercussões do abuso de drogas e álcool e de uma vida saudável SEM DROGAS pode extinguir essa curiosidade.

PERDA DE PESO

Adolescentes do sexo feminino muitas vezes se voltam para as drogas como uma maneira mais rápida de perder peso. Durante o ensino médio, especialmente, as meninas se tornam mais conscientes de seu corpo e de sua sexualidade e podem tornar-se desesperadas para emagrecer e atrair a atenção dos meninos mais populares. Essas jovens também podem estar lutando com um transtorno alimentar, como anorexia ou bulimia.




ESTRESSE

Durante o ensino médio muitos adolescentes são excessivamente estressados com uma agenda lotada de aulas avançadas e atividades extracurriculares. A falta de habilidades de enfrentamento podem os levar a procurar um método artificial de lidar com o stress. Em seguida, se voltam para as drogas, como maconha, a fim de relaxar.

BAIXA AUTO-ESTIMA

Os adolescentes, especialmente entre as idades de quatorze e dezesseis anos, possuem uma baixa auto-estima devido à aparência física ou a falta de amigos e isto pode acarretar um comportamento auto-destrutivo. A mídia, as intimidações, e muitas vezes a pressão familiar colocam os adolescentes para agirem e olharem de uma determinada maneira, e os fazem perder a confiança neles mesmos se não satisfazerem esses altos padrões. Drogas e álcool parece ser uma maneira fácil de escapar a esta realidade.

EXPERIÊNCIAS APRIMORADAS

Drogas e álcool são frequentemente utilizados para melhorar certas experiências. Cocaína e anabolizantes são comumente usados ​​para aumentar a energia . Ecstasy pode ser usado para uma falta de inibição e reforço em uma experiência sexual. Maconha e álcool são muitas vezes utilizados para relaxar e serem mais desinibidos e ficarem mais confortáveis em situações sociais.




PRESSÃO DE GRUPO

É o conto clássico da pressão dos pares sendo o motivo para a experimentação de álcool e drogas. Esta pressão dos pares acontece com mais freqüência entre as idades de dezesseis e dezoito anos, quando os adolescentes começam a pensar “todo mundo está fazendo isso”, por isso, devo fazer também. Esta pressão dos colegas é mais evidente do que a pressão para fazer amigos e é, por vezes, instigada por amigos mais velhos.

AGORA OU NUNCA

Os adolescentes, muitas vezes, sentem um imperativo social para experimentar e experimentar tudo o que podem, enquanto ainda são jovens. Sentem a situação como “agora ou nunca”. Tem que usar drogas agora, antes de se tornarem adultos e terem responsabilidades; imaginam que se não experimentarem quando adolescentes estarão perdendo tudo na vida.

GENÉTICA

Se houver um histórico familiar de dependência de drogas ou alcoolismo, os adolescentes podem ser geneticamente predispostos a experimentar drogas e álcool e se tornarem dependentes. Embora más escolhas são parte de ser um adolescente, que não pode ser responsabilizado por nossos genes, especialmente se não foram educados e prevenidos;  então, por isso, se houver um histórico familiar de dependência, seja honesto e dialogue com o adolescente sobre os riscos reais do abuso de substâncias.

 

https://i2.wp.com/www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/10/drogas.jpg?fit=600%2C370&ssl=1https://i2.wp.com/www.avozdepetropolis.com.br/wp-content/uploads/2017/10/drogas.jpg?fit=150%2C93&ssl=1Marcia ChavesMundo#avozdepetropolis,a voz de petropolis,adolescentes,alcool,Brasil,cidade de petropolis,cidade do Rio,cocaina,comprimidos,crack,cultura,dia a dia de petropolis,drogas,extasy,informações,jornais,jornal de petropolis,LSD,maconha,matérias,minuto a minuto,noticias,noticias de petropolis,notícias urgentes,noticiasdepetropolis,politica,prefeitura,problema,rio de janeiro,RJ,saber mais petropolis,saiba mais petropolis,sociedade,tempo real,ultima hora,urgente,viajar,viciados,vicio(adsbygoogle = window.adsbygoogle || ).push({}); DEPRESSÃO Alguns adolescentes se voltam para as drogas e o álcool como uma forma de escapismo. Quando estão tristes ou deprimidos veem estas substâncias como forma de esquecer e se sentir mais felizes.  O adolescente pode ver, apenas, uma atitude mal-humorada como “apenas...Noticias de Petrópolis em um só lugar, a verdade doa a quem doer.